Kristian Nairn em entrevista à Entertainment Weekly sobre Hodor

O artigo que se segue contém spoilers do episódio ‘The Door’ (S06R05) de Game of Thrones.

27

No mais recente episódio de Game of Thrones (The Door) perdemos uma das personagens mais queridas do público, Hodor.

Enquanto o Corvo de Três Olhos mostra a Bran através de uma visão o momento em que Ned Stark deixou Winterfell para ir para o Vale, um grupo de wights e de White Walkers invade a cave onde eles estão. No entanto Bran não consegue acordar para o presente e ao ouvir o apelo de Meera acaba por entrar na pela do Hodor, entrando também no Hodor do passado.

Ao tentarem fugir do grupo de wights, Hodor sacrifica-se para os salvar ao segura a porta da cave ao ouvir o apelo de Meera (“Hold the Door!”), prendendo os wights lá dentro para que Meera consiga escapar com Bran que ainda continuava preso na sua visão. Enquanto o Hodor do presente segurava a porta, Bran vê Wylis (Hodor do passado) a repetir sem parar Hold the Door, até que as palavras se transformam apenas em “Hodor”.

A Entertainment Weekly esteve à conversa com Kristian Nairn, o ator que interpretou Hodor na série.

Entertainment Weekly: Vamos voltar no tempo até aos momentos antes da última temporada. Qual foi a tua reacção ao saber que não ias estar na quinta temporada?

Kristian Nairn: Não foi nenhuma surpresa. Eu já esperava que isso fosse acontecer. A nossa história já estava à frente de todas as outras. As outras histórias tiveram de nos apanhar. Também foi decepcionante porque somos uma grande família e foi muito estranho não estar lá durante um ano. Eu moro em Belfast então estava sempre a ver as pessoas a vir e a ir. E nós encontravam-nos para o jantar. O elenco é muito próximo.

Como descobriste que esta ia ser a tua última temporada?

Recebi o The Call [o famoso telefonema*]. Os produtores [David Benioff e Dan Weiss] ligaram-me. Já sabia o que ia acontecer. Alguns amigos meus [do elenco] receberam o guião primeiro que eu, então eu já tinha uma ideia do que ia acontecer. Com Game of Thrones nada é certo, e ter chegado até aqui já foi muito bom. Ned Stark só chegou ao episódio nove!

* já é tradição sempre que uma personagem morre na série, antes de receberem os guiões os produtores ligam ao ator que interpreta essa mesma personagem.

O que achas que foi ‘único’ para ti nesta temporada?

Tem sido interessante ver as crianças a crescer. Isaac já não é um menino. Ele está grande e agora é um adolescente — um doce adolescente, mas não o menino de nove anos que costumava andar atrás de mim. Ele ainda anda um pouco à minha volta. Vi-o desenvolver como ator, ele é um grande ator. Este ano estivemos num set muito confinado. Estávamos na Árvore-Coração. Tivemos momentos calmos para mostrar os meandros das personagens e a alguns detalhes emocionais. Então podemos focarmos-nos dessa forma nas personagens.

Deves ser o único ator de uma série regular na história da tv que em cinco temporadas só disse uma palavra. Isso deve contar como uma espécie de recorde.

Sim, devo ser! Eu não me recordo de mais ninguém. Gostava de saber se alguém contou quantos “Hodors” eu disse ao longo das cinco temporadas.

Aposto que existe um contador oficial de ‘Hodor’.

Eu deveria de saber, mas não sei.

Sem Título

Como os fãs reagem contigo? Mesmo como jornalista a cobrir a série, quando respondes tudo o que eu queria ouvir era ‘Hodor’, repetidamente.

Isso depende. Varia de país para país. Game of Thrones tournou-se algo de grandes dimensões então ouço muita gente a gritar ‘Hodor’ para mim. Eu agora costumo fazer as minhas compras no supermercado a meio da noite, mas é estranho. Mas também é divertido. As pessoas adoram a série e identificam-se tanto connosco como com as personagens. As pessoas estão sempre a perguntar-me, “Qual foi a tua pior interacção com os fãs?” Eu não tenho nenhuma. Todos são super tranquilos, mesmo aqueles que são ligeiramente mais irritantes. OS fãs de ‘Thrones’ tendem a ser pessoas de respeito.

Como é que achas que o Hodor se saiu?

Eu adorei. Curiosamente, só hoje é que vi a cena pela primeira vez. Eu não podia estar mais feliz com o resultado final. O mais interessante é que ela ficou em aberto. Vocês não o vêem a morrer. Está implícito. Então, quem sabe? Ele pode voltar como um White Walker, ou talvez até tenha fugido. Mas foi realmente uma boa forma de mostrar isso. Eu não poderia ter pedido um adeus melhor para um personagem que adoro. A minha parte favorita é a que junta a questão do porquê de Hodor ser “Hodor.” Porque é ele diz a palavra “Hodor”? Apenas George R. R. Martin ou David e Dan poderiam ter criado isso. É muito triste. No minuto em que finalmente, ficámos a saber algo sobre Hodor, ele morre!

Sem Título

 

A história de fundo era muito triste, isso fez dele uma personagem muito trágica.

Eu tinha lágrimas nos meus olhos. Eu não me via no ecrã, via apenas o Hodor. Eu vou sempre falar nele na terceira pessoa. Eu vi-o morrer e foi muito triste. Eu acho que as pessoas vão a) surtar, b) ficar muito tristes.

Os fãs não vão esperar por uma explicação, e nem vão esperar perdê-lo — vai ser um choque duplo.

Na quarta temporada houve uma cena na Fortaleza de Craster e as pessoas pensavam que eu ia ser moro ali. As pessoas diziam, “Se Hodor morrer, nos protestaremos.” Vai ser interessante ver isso. Mal posso esperar por ver o episódio dar na tv. É estranho falar consigo sobre sso, já que não pode falar por um longo tempo.

E agora ele nunca vai terminar sentado no Trono de Ferro.

Mais uma vez, não sabemos! Mas eu nunca esperei por isso de qualquer maneira, para ser sincero. Eu não acho que ele seria um bom rei, ele é um pouco limitado na fala. Considero isso algo em aberto – porque nunca se sabe o que pode acontecer no mundo louco de Game of Thrones.

Qual é a tua melhor lembrança de trabalhar na série?

[O episódio piloto]. Joffrey e os Lannisters chegam a Winterfell. Foi um dos meus primeiros dias no set. E foi muito provavelmente um dos maiores encontros do elenco. Ainda estavam todos vivos entre os Starks, Robert Baratheon, e os Lannisters. à excepção de Daenerys, o elenco inteiro estava lá. Foi o dia em que percebi a grande produção que [GOT] viria a ser e que eu faria parte dela. Foi um dia fantástico. Todos juntos pela primeira e última vez. É uma mas minhas melhores lembranças.

De todas as tuas falar, qual foi o teu “Hodor” favorito?

Na verdade, há um que de facto gosto na atual temporada quando ele [Hodor] e a Meera estão a falar sobre salsichas. Ele adora as suas salsichas e o seu bacon. O rosto dele ilumina-se quando ele começa a falar sobre comida. E também apreciei uma cena na terceira temporada com a Osha. Ela está a reclamar de ter que montar o acampamento e ele diz ‘Hodor’ como quem diz ‘O que é que eu tenho a ver com isso?’. Foi muito divertido. Eu não acredito que consegui destacar dois ‘Hodors entre tantos momentos.

 

Tem algum [Hodor] que tenha gostado menos? É dificil.

Não. Cada ‘Hodor’ é como cada um dos meus filhos. Eu amo-os a todos.

Como foi o último dia no set?

Quando terminamos a sexta temporada, eles permitiram que Isaac fosse o único a abraçar-me. Foi um momento emocinante. Tem sido uma jornada incrível que transformou a minha vida por completo e deu-me muita esperança para o futuro. Eu mal posso esperar para ver o que virá a seguir. Eu tenho muito mais palavras para dizer além de “Hodor”.


Fonte: EW


About Jon

Nascido entre o Gelo e o Fogo, descendente de duas das grandes casas de Westeros, Targaryen e Stark. Um apaixonado por este mundo que nos seus tempos livres dedica-se a fazer aquilo de que mais gosta, descobrir e dar a conhecer mais sobre este mundo.