Kit Harington, Carice van Houten e Jeremy Podeswa em entrevista sobre a cena final do episódio “Home”

Conforme noticiamos anteriormente, o acontecimento que marcou o final do segundo episódio da sexta temporada de Game of Thrones é o principal foco da nova edição da revista EW que será lançada amanhã nos EUA. Kit Harington e Carice van Houten são os entrevistados destes pequenos excertos do artigo que entretanto já foram divulgados no site da revista.

+ Game of Thrones volta a ser capa da Entertainment Weekly

Neste excerto, Kit Harington fala sobre o seu próprio cabelo. Durante toda a época das gravações da sexta temporada os fãs estiveram atentos ao ator que sempre manteve o seu cabelo longo e encaracolado, visual habitual da personagem (chegou até cair na internet uma foto do ator durante as gravações).

Aparentamente, o ator cortou o cabelo, mas foi só um bocadinho que mal se fez notar.

Nós cortámos-lo muito mais curto para esta temporada, fizemos um penteado diferente para esta temporada, fizemos um coque.

Eu queria vender isso durante mais um pouco [a história de que tinha deixado a série].  […] Eu sei que este penteado e este corte de cabelo é muito associado à série. Eu sei que no passado referi que iria cortá-lo assim que pudesse. Eu quis aparecer com o cabelo mais curto logo de imediato para que conseguisse vender melhor esta mentira.

O ator também referiu que a mentira estendeu-se até aos seus colegas de elenco, pelo menos até ao momento em que leram pela primeira vez o roteiro da sexta temporada.

[Liam Cunningham] Mandou-me f***r logo desde o início.

41 (1)

No entanto Sophie Turner (Sansa Stark) acreditou na mentira que envolvia o regresso de Jon Snow. A atriz chegou até a escrever uma carta bastante longa ao colega referindo o quanto adorou trabalhar com ele. Sobre isso, Kit Harington disse à EW que:

Isso fez-me rir.

+ Kit Harington tinha um nome de código para ninguém ficar a saber o futuro de Jon Snow

Carice van Houten, a sacerdotisa vermelha Melisandre, falou sobre a gravação da cena em que Jon Snow ressuscita.

Não demorou muito para o ressuscitar, desta vez para sempre! Foi uma cena muito importante, nós gravamos a cena a partir de vários ângulos. Penso que lavei o corpo dele umas 50 vezes. Há por aí muitas pessoas que ficaram ciumentas, incluindo a minha mãe e a minha irmã. Eu até brinquei com ele sobre isso – “se a minha mãe podia ver isso [a cena].”

O diretor do episódio, Jeremy Podeswa, também foi entrevistado sobre o episódio, mas para o Hollywood Reporter.

O realizador foi questionado sobre o desafio que lhe foi imposto à volta desse grande momento:

Eu penso que estabeleci a quantidade certa de tensão através da cena, então, pois até ao último segundo não se sabia para onde as coisas estavam a ir. Esse foi o aspecto mais importante, criar uma sensação de mistério e também de magia à volta daquilo tudo. Nós queríamos que a cena fosse bastante bonita, mas também repleta de tensão. Essa é a principal característica que estávamos à procura.

O realizador ainda explicou quais as suas influências relativamente às referências artísticas presentes na cena:

Baseámos-nos muito no visual das pinturas de Rembrandt, especificamente na The Anatomy Lesson. Ele tinha uma qualidade atmosférica muito rica, textual e temperamental.

The Anatomy Lesson de Rembrandt.
The Anatomy Lesson de Rembrandt.

 

Sobre a cena em que o Fantasma vira-se para o corpo de Jon antes de ele ressuscitar o realizador afirmou que:

Eu diria que se continuarem a ver, tudo será revelado.


Fonte: Watchers on the Wall


O terceiro episódio da sexta temporada de Game of Thrones estreia no próximo domingo na HBO e no dia seguinte no Syfy Portugal.

+ S06E03 Oathbreaker [Promo]

About Jon

Nascido entre o Gelo e o Fogo, descendente de duas das grandes casas de Westeros, Targaryen e Stark. Um apaixonado por este mundo que nos seus tempos livres dedica-se a fazer aquilo de que mais gosta, descobrir e dar a conhecer mais sobre este mundo.