As expectativas de Natalie Dormer no regresso de “A Guerra dos Tronos”

A quinta temporada da série “A Guerra dos Tronos” começou no domingo e chega esta segunda-feira à televisão em Portugal. Uma das protagonistas, a atriz Natalie Dormer, esteve em Matosinhos no final do ano passado, convidada pela Comic Con Portugal, e falou na altura sobre a série e outros projetos.

Natalie Dormer é conhecida por interpretar Margaery Tyrell em “A Guerra dos Tronos”, mas também pela série “Os Tudors” ou pelos filmes da saga “The Hunger Games: Os Jogos da Fome”. Projetos que considerou que são «os três grandes passos» da sua carreira de dez anos, pelos quais afirmou «estar agradecida porque cada um foi um degrau acima» na sua evolução como atriz.
Quanto à série da HBO, Natalie Dormer riu-se, bem-disposta, quando questionada se apenas esperava sobreviver, tendo em conta a elevada taxa de mortalidade em “A Guerra dos Tronos”. Sem querer lançar spoilers, disse que vai aumentar a tensão entre a sua personagem, Margaery Tyrell, e Cersei Lannister, interpretada por Lena Headey, e que a sua personagem vai sofrer algumas mudanças.

«Quando deixamos a Margaery na temporada 5, ela está como nunca a tínhamos visto antes. Tudo foi-lhe tirado e ela já não está composta e calma. Ela está em sarilhos. Não sei o que o David Benioff e Daniel Weiss (argumentistas) têm previsto e para mim isso é muito excitante porque vai ser uma grande partida de como deixamos a Margaery no fim da temporada 5 até à temporada 6», contou.
A atriz britânica acrescentou estar na expectativa quanto ao rumo da série em geral, pois com o final da quinta temporada chega o final dos livros da autoria de George R. R. Martin. Sobre a série da HBO, Natalie Dormer confidenciou ainda que Peter Dinklage, que interpreta Tyrion Lannister, é o mais «maroto» do elenco e acrescentou que os realizadores aceitam as opiniões das atrizes em relação a cenas mais sensíveis, como as de nudez.

Questionada sobre o facto de já ter interpretado várias rainhas e se a personagem Cressida da saga “The Hunger Games: Os Jogos da Fome” seria uma forma de escapar a esses papéis e fazer algo diferente, Natalie Dormer declarou um entusiasmado «sim», acrescentando que «era importante mostrar ao público e a mim própria que posso fazer outras coisas. Foi uma oportunidade maravilhosa e espero cada vez mais seguir em direções diferentes, desafiar a perceção que as pessoas têm de mim e a perceção que tenho de mim própria para crescer enquanto atriz».
Para tal, Natalie Dormer explicou que escolhe os projetos tendo em conta os guiões e também procura variar entre cinema, teatro e televisão. «Gosto de fazer tudo. Sou originalmente uma atriz de teatro, mas tento fazer também televisão e filmes de grande e pequeno orçamento. Acho que é o melhor para mim enquanto artista, para me desafiar», acrescentou.
Para além da série “A Guerra dos Tronos”, a atriz está envolvida em vários filmes que estão em fase de pós-produção. Entre eles, “The Hunger Games: A Revolta – Parte 2”, “Patient Zero”, “The Woman in Red” e “The Forest”. A atriz é também co-argumentista de “In Dark Places”, um filme em pré-produção que será realizado pelo seu noivo, Anthony Byrne.

Natalie Dormer foi uma das estrelas internacionais presentes na primeira edição da Comic Con Portugal, que se realizou em dezembro. Na conferência de imprensa explicou que aceitou o convite porque «nunca tinha estado em Portugal, sempre quis cá vir, há uma forte relação histórica entre ingleses e portugueses e todos os que conheço e que estiveram cá diziam-me quão bonito era e como as pessoas são».

A quinta temporada da série “A Guerra dos Tronos” começa a ser exibida esta segunda-feira, dia 13 de abril, no canal Syfy.

Fonte: TSF

About Jon

Nascido entre o Gelo e o Fogo, descendente de duas das grandes casas de Westeros, Targaryen e Stark. Um apaixonado por este mundo que nos seus tempos livres dedica-se a fazer aquilo de que mais gosta, descobrir e dar a conhecer mais sobre este mundo.